Parceiros

quinta-feira, 3 de setembro de 2009

Tanto de ti



Tudo está tão diferente, meu mundo virou de cabeça para baixo.
E, no momento, não há versos que possam explicar o que sinto ao
escutar o piano suave que "melodia em meus ouvidos", invento
então, um jeito de dizer o indizível.
Brota de mim esta água, esta torrente de saudade e esperança,
como se houvesse alguma esperança, como se existisse muito
amor.
Tudo é muito sensível em mim agora. Escrevo sem saber, sem pensar,
sem você aqui. Onde será que perdi o fio que conduzia a minha vida?
Deus, o Senhor me tomou pela mão? O céu azul e o sol, o inverno
deste meu lugar apontam para o verão, me trazem a lembrança do mar
e do sal, que por momentos esqueci na minha pele.
Tudo falo e é muito pouco, o mínimo para que a música se repita
infinitamente em mim...
Para que eu possa ter este meu sonho revelado, para secar meus olhos
e poder te ver de novo, sem dor, com realidade.
Assim vai ser, com certeza repetir e repetir, seguir escutando o som desse piano,
sem culpa.

15 comentários:

Adolfo Payés disse...

Me quedo con tus poemas corazón. eres toda una dulzura en versos.. cuanto e gustan tus poemas..

Besos con el cariño de siempre
Un abrazo
Saludos fraternos

Ricardo Kersting disse...

Algumas coisas causam estranhos efeitos na gente, mesmo que elas não sejam para esse fim. A música!!! não se pode garantir o seu destino, menos ainda a quem atingirá. São coisas misteriosas, segredos e partes de vidas que ainda não foram vividas, ouvidas.
Beijão..

Mara faturi disse...

Lembranças de mar ao som de piano viram brisa e poesia na asa da borboleta...
saudades moça!
Grande bjo!

Anônimo disse...

.... ;)(: ....






MJr.

Adriana Karnal disse...

lindo esse poema-prosa

Cynthia Lopes disse...

Adolfo, que bom que levas meus poemas em teu coração! Você é um doce, obrigada,
besos

Cynthia Lopes disse...

Neste caso sua música acertou em cheio meu coração, rsrsrs...
um grande beijo

Cynthia Lopes disse...

Linda Mara, toda poesia!
bjs moça

Cynthia Lopes disse...

Adriana, obrigada pelo comentário, volte sempre, sempre mais.
bjs

Cynthia Lopes disse...

Valeu Murillo, obrigada!
bjs

Aroeira disse...

lindo. tristemente lindo.

Cynthia Lopes disse...

Obrigada meu Capitão, de verdade, obrigada...
bjs

Sonhadora disse...

Suas palavras são minhas,gostava de as ter escrito.
Obrigada pelas palavras de carinho que postou no meu Blog.

bjs.

Cynthia Lopes disse...

Oi minha amiga Sonhadora, tentei fazer comentários em seu blog e não consegui. Lindo seu último poema, muito intenso. Obrigada por seu comentário em minha prosa, um grande bj

Sonhadora disse...

Cythia.
Obrigada pelas suas palavras.
Os meus poemas são apenas desabafos
da alma.
Se quizer passar já pode postar comentario
Bjs
Rosita