Parceiros

sábado, 12 de dezembro de 2009

Vazio



no escuro, meu coração adeja,
a cabeça lateja.
ao redor de ti,
esta luz frágil:
tua face pálida de mágoa.
a tristeza escapa pelos meus dedos,
escravos dos teus cabelos.

onde o teu sorriso,
minha âncora e cais?
ele estava em tua voz,
em teus olhos de ontem,
que a tudo iluminavam.

hoje, nesta madrugada,
sob o peso das horas e do silêncio,
não restou mais nada.

6 comentários:

Sonhadora disse...

cynthia
Poesia à flor da pele
Adorei
Beijinhos

Cynthia Lopes disse...

Obrigada minha Flor,
bjs

neli araujo disse...

Cynthia querida,

Conforme vou te lendo, amiga, percebo que prendi a respiração e que meu coração foi ficando apertadinho...

Teu poema, embora triste, é lindo!

beijinhos

Neli

Cynthia Lopes disse...

Obrigada Neli,
vc possui grande sensibilidade.
Isto pode ser visto
em seus pensamentos, poemas e haicais. bjs

João Manoel Lourenço Pereira disse...

O escuro e o som do silêncio a fazer parir o poema... A encher-te a mão, um misto de ausência e esperança.... Com um beijo, João

Cynthia Lopes disse...

João, gosto tanto desta tua sensibilidade!
bjs meu querido e obrigada