Parceiros

sexta-feira, 29 de setembro de 2017

MAGIA DOS DIAS




o mar é meu chão. já a linha
do horizonte, meu prumo.
gosto da lida diária
e depois, exausta, pela
noite vencida, me deitar
neste fio tênue, balançar
ao sabor dos ventos, fechar
meus olhos, apagar uma
a uma as estrelas e os
astros, em minha mente.

adormecer no colo
do útero divino, sem sonhos,
sem sombras, silente.

2 comentários:

BETONICOU disse...

Singelo, rico, extremo! Cintya, aqui se vê que os melhores perfumes, também vem em poucas letras.... Obrigado pela linda visita em meu blog! Poesia linda! beijos

Cynthia Lopes disse...

Muito grata Beto!
Também adoro visitar o seu cantinho
de lindas palavras.
beijão