Parceiros

quinta-feira, 17 de janeiro de 2008

CACHOEIRA


Da onça pintada,
Águas de se banhar.

Da onça pintada,
Medo de escorregar.

Meu coração, brincadeira,
Marca-passo no bordão
Da cantiga, bem antiga,
De roda deste rincão.

São os bicos de papagaio
Nos narizes das crianças
Que brindam o colorido -
Chimarrão e biscoitos doces.

Da onça pintada,
Rugir assustador!

- Será que ela ainda anda por aqui?

Se pergunta a criançada
Em volta do fanfarrão
Que diz ter matado a tal
Na ponta do seu facão.

7 comentários: