Parceiros

sábado, 17 de novembro de 2012

Artesão ( Do livro POÊMIA - poesia de pele e desejos)


o poeta tece, cuidadoso,
sentimentos, impressões, palavras, 
em versos, preces silenciosas.
confissões do avesso de si mesmo.

um mosaico de cores e sombras.
ele arma, constrói, como um artefato,
um labirinto, fluxo de vida, 
explosão de sentidos, metáforas!

nessa busca incessante de novos
significados, tece o poeta
sua teia de signos e magia:

a poeira deixada pelas estrelas
e que orvalha o chão
de grãos de sonho e de poesia.

quarta-feira, 31 de outubro de 2012

Teiorvalho


















a teia retém
partículas
da madrugada
gotas da noite:
úmidos paêtes

segunda-feira, 8 de outubro de 2012

domingo, 16 de setembro de 2012

domingo, 2 de setembro de 2012

quinta-feira, 16 de agosto de 2012

Bromélia


no manguezal
uma explosão de cores:
calorão de amores!




Foto de Du Zuppani - bromélia, um show no manguezal,
Betioga, SP


sexta-feira, 3 de agosto de 2012

Pólen


flor veludo
vermelha
sopra suave
segredos
à superfície
da tua pele
:
atenta



Foto de Du Zuppani: terras de duendes na versão neon

sábado, 28 de julho de 2012

vida

ser
flexível:
meu corpo
no mundo
é rio.

terça-feira, 24 de julho de 2012

solidão



o marinheiro

observa o mar gelado

perdido em seus presságios

quarta-feira, 11 de julho de 2012

brisa-flor


beija-flor menino

lindo na janela

sugando as flores

de plástico: agita o ar,

transforma energias. 

inspiro o ar fresco

da manhã,

chego bem perto

sou parte da brisa

que envolvente

sente seus rápidos

movimentos.

terça-feira, 3 de julho de 2012

24 horas



o sol
me diz
que o dia
acordou
feliz


a lua
me diz
que a noite
se fez luz
pra ti

quinta-feira, 21 de junho de 2012

poema de amor


já fui anjo e pássaro
(acumulei asas)
fui sereia, em mares
de tempestade...
(a tua procura marujo)
pedra areia chuva
paixão ilusão 
sombra.
apenas fantasia
de poeta

domingo, 27 de maio de 2012

impermanências

senti a vida
a partida
a chegada
os ventos
aragens

então voei
me libertei
de todo sólido
e me lancei 
neste rio

sou líquida caminhada

domingo, 1 de abril de 2012

lembranças

quantos lindos tigres

almas livres

breves poemas

(a memória subsiste)

sexta-feira, 24 de fevereiro de 2012

Serena (a sereia)




















Hoje eu estou sereia: Copacabana amanheceu pequena, preciso de mar aberto, para libertar grandes amores.

sexta-feira, 17 de fevereiro de 2012

carnaval


tô na chuva,

na bagunça,

no batuque.

(o coração

se acostuma?)

domingo, 12 de fevereiro de 2012

amanhecer















chuva fina cai,
alegra o verde da mata
: neblina se esvai.

quarta-feira, 8 de fevereiro de 2012

Diogo&Diana em: A trilha da lua cheia



Dois adolescentes descobrindo seus poderes mágicos e o mundo à sua volta.




Assim nos é apresentado o universo do livro "Diogo&Diana", totalmente ambientado na belíssima ilha de Florianópolis. A história de narrativa dinâmica e deliciosa, foi escrita a quatro mãos por Tabajara Ruas e Nei Duclós.
Trata-se de uma trilogia, fantástica, que prende o leitor da primeira linha até o final surpreendente, deixando aquele gostinho de quero mais e a expectativa do próximo livro e do desfecho final da trama.
Sem dúvida, um livro para jovens e adultos, sem distinção!!
Leiam, divirtam-se e aproveitem. Maiores informações no endereço: http://outubro.blogspot.com/

quarta-feira, 11 de janeiro de 2012

Avesso










neste carnaval
me fantasio
de anjo torto

e saio no sufoco
em busca
do esquecimento