Parceiros

quarta-feira, 13 de fevereiro de 2008

Sábio Manuel Bandeira...






"A vida não me chegava pelos jornais nem pelos livros, vinha da boca do povo, na língua errada do povo, língua certa do povo. Porque ele é que fala gostoso o português do Brasil..."

8 comentários:

payes disse...

Cynthia siempre que vengo me bañas de ternura con tus palabras, y con ellas me voy feliz de leerte y con el deseo cada vez mas inmenso de regresar a este sitio que es una cuna de amor...

Gracias

Cynthia Lopes disse...

Meu querido poeta, me pergunto se sou merecedora destes seus tão ternos comentários... Mas, mesmo que não os seja, eu os adoro e me aproprio deles!!! Muchas, muchas gracias

O Véio disse...

Ah, Cyntia, muito obrigado!

Você é toda cheia de zêlos! Sou grato por ter sua companhia lá no Véio, com toda sua poesia!

Ah, Manuel Bandeira...

;-)

Cynthia Lopes disse...

Brigadão meu Véio amigo!
Bjs

tino cassi disse...

el pueblo y la magia
es ahí en donde está todo
el verdadero sentir
de lo sencillo
de lo realmente irreal...

gracias Cynthia
un beso
:)

Cynthia Lopes disse...

Tino, gracias... sim é da língua do povo, do cotidiano, que o poeta retira o material para seus versos, para sua vida, para entender a realidade e, como você mesmo disse, até mesmo do imaginário do povo tiramos estas histórias fantásticas que são o caldo verdadeiro de toda a cultura.

Fada disse...

E verdade nada melhor que um velho bate papo para se atualizar dos fatos decorrentes no mundo!!!

beijos

Mara faturi disse...

Grande e eterno Bandeira... querida poeta, vou marulhar por aí; viajo de férias amanhã e retorno dia 18/03...saudades já de minhas "pescadas" por aqui...
bjo
;)