Parceiros

sexta-feira, 27 de junho de 2008

A PONTE








uma via de mão dupla
sem acostamento
a mureta estreita
tudo muito simples:
soltar as amarras
ou
deixar cair a pedra?

(Publicado na Antologia de Poetas Contemporâneos nº 48 - CBJE)

13 comentários:

Adolfo Payés disse...

hola saludes leyendote como siempre, y sobre todo me llevo tus versos en el alma gracias

Cynthia Lopes disse...

Em sua alma, delicadamente, desejo plantar meus versos querido poeta. Da mesma maneira que leio e releio os seus para tê-los na memória das minhas retinas cançadas e na minhalma de menina. Gracias, muchas gracias...

Wilson Guanais disse...

também gosto muito deste. bjsss

Cynthia Lopes disse...

Ah, meu poetamigo Wilson Guanais, mais eu quero que você goste muito de todos!!!!!!!!! rsrsrs....

Um grande beijo

Mara faturi disse...

Queri,

soltar as amarras???soltou um lindo poema;isto basta (me basta, rs,rs)
grande bjo!

Cynthia Lopes disse...

Um beijão Mara!

Alexandre Bonafim disse...

Cyntia, belo poema. Lembro-me de um poema do Sá-Carneiro: "Pilar da ponte de tédio...".
Sou-lhe muito grato pela visita so meu Arquipélago. Se você quiser, posso dar-lhe de presente um livro meu. Basta mandar o endereço para o seguinte e-mail: alexandrebonafim@hotmail.com
Só não posso gastar com Correios. Pode ser por postagem a cobrar? Beijão.

Cynthia Lopes disse...

Oh Alexandre, vou correndo buscar este poema para ler. Obrigada por sua visita e é claro, gostaria muito de ler seu livro.
Um grande abraço

Cynthia Lopes disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
putas resolutas disse...

taí - este é um poema que gostaria de ter escrito!
besos e parabéns!
líria porto

Cynthia Lopes disse...

Líria, vários poemas seus eu leio e digo o mesmo. besossss...

putas resolutas disse...

sempre que venho ao teu blog, visito este poema - a inveja continuuuuuuuuuuuuuua... risos
besos
líria

obrigada pela visita ao putas resolutas!

Cynthia Lopes disse...

Não se preocupe, a inveja é recíproca... rsrsrsrs....