Parceiros

domingo, 22 de maio de 2011










domingo santo
preenche a casa
tal qual o sol
ilumina a mata
alegrando a passarada

26 comentários:

Adolfo Payés disse...

Excelente como siempre..
Magnifica manera de acariciar el alma..

Un poema muy hermoso.





Un abrazo
Con mis
Saludos fraternos de siempre..

Isabelle Câmara disse...

quero domingos assim!!!

A.S. disse...

O sol será sempre fonte de vida... o centro de todos os contornos!...


Beijos!
AL

Cynthia Lopes disse...

isso Albino,
luz vida fogo!
bjs

Cynthia Lopes disse...

tome posse
dos seus domingos
de sol, Isabelle
abra as cortinas,
as janelas, deixe
a luz os pássaros
as cores a vida
casa adentro!
bjs

Cynthia Lopes disse...

gracias mi querido amigo Adolfo!
saludos fraternos

ErikaH Azzevedo disse...

Essa fé q ilumina caminhos tal como o sol.

Santo sim, toda a natureza se santifica , é a presença de Deus em nós.

Bjos querida.

Erikah

Ana Andreolli disse...

só assim pra gostar de domingos!

Ricardo Miñana disse...

Una bonita estampa de la naturaleza,
te dejo mi saludo y deseos de
que tengas una feliz semana.
un abrazo.

Cynthia Lopes disse...

sempre Erikah,
é a presença de Deus
em nós! bjs

Cynthia Lopes disse...

valeu Ana!!!!
bjusssssssss

Cynthia Lopes disse...

Muchas gracias Ricardo!

Rafael Castellar das Neves disse...

Esse é o tipo de domingo que gosto muito!

bjo

Cynthia Lopes disse...

que bom Rafael!!!
bjs

Concha Rousia disse...

...que beleza, me identifiquei totalmente... eu por acaso o domingo escrevi isto:

Domingo no quintal

Regar a horta
tingir a terra
humedecer seu rosto
escurecer sua pele
ver passar nos olhos
os mapas da vida
que se entrega a ser
a Melra observa
desde o pessegueiro
como eu me esvazio
no ar do quintal
sei que posso
viajar além mim
além este existir
num corpo definido
e ser folha que cai
erva que nasce
bichinho que passeia
gota de orvalho
refletindo a lua
estrela remota
e nada mais
e nada mais

Concha Rousia

Abraços com carinho, Concha

Cynthia Lopes disse...

Concha, uma alegria
te ver no meu cantinho!
bjs

Nina Pilar disse...

Muito bom e reflectivo este texto.
parabéns.
um beijo
Muito bom o seu poema...

Fouad Talal disse...

baita paisagem!
beijos...

A.S. disse...

Ao domingo... até o sol tem outro brilho e o canto dos pássaros é mais empolgante!...


Beijos!
AL

Cynthia Lopes disse...

Obrigada Nina!

Cynthia Lopes disse...

pois é, Fouad, esta é a paisagem
da minha janela!
bjs

Cynthia Lopes disse...

eu gosto dos domingos,
Albino
bjs

Nina Pilar disse...

ccyntia, vim devolver a visita e que bom, encontrei poemas tão cheio de emoção, de uma beleza impar, domingo é dia pra rezar, pedir aos santos, pra serenar a manhã...
seus versos são lindo, adorei...vou segui-la e voltarei sempre.
meu blog sempre se alegrará com a sua presença...volte sempre!
beijo querida
e um lindo final de semana pra ti...
para um poeta vale mais o silencio, o olhar, pensar, sem saber muitas vezes por que este sentimento a existência entra em êxtase, em uma jornada fugaz, os sentimentos são grandiosos, os amores mais sentidos, mais doidos, mais vividos, o poeta se expõe, se contorce, sangra, e vive da dor, da solidão e do frio que muitas vezes invade a alma, em suas busca de sair, ir...deixar-se levitar!

Cynthia Lopes disse...

Nina, a casa é sua,
espero sempre retribuir
tanta emoção e carinho.
bjs

Concha Rousia disse...

Sim, assim são as coisas naturais, quero tb domingos assim... e voar com a passarada, lindo minha querida, bjs

Cynthia Lopes disse...

Obrigada Concha!