Parceiros

quarta-feira, 31 de outubro de 2012

Teiorvalho


















a teia retém
partículas
da madrugada
gotas da noite:
úmidos paêtes

16 comentários:

A.S. disse...

Particulas de madrugada,
caricias da noite,
gotas de desejo onde
bebem todas as sedes...


Beijos!
AL

Luís Gustavo Brito Dias disse...

- paetês da natureza... os mais belos.

Cynthia Lopes disse...

Poeta,
bebo todas as sedes
nas madrugadas!
beijos...

Cynthia Lopes disse...

Sem dúvida Luís,
ainda mais clicados
por Du Zuppani!
São verdadeiras
pérolas do céu.
bjs

Dalinha Catunda disse...

Olá Cynthia,
Parabéns pela poesia, pela ilustração e pelo seu belo espaço,
Bjim,
Dalinha

Cynthia Lopes disse...

Obrigada Dalinha!!!!
bjs

Ana Andreolli disse...

Amei o poema, tava sumida e voltei hehehe :)

Cynthia Lopes disse...

Que bom Ana!!!
bjs

Sonhadora (RosaMaria) disse...

Minha querida

É na madrugada que bebemos todos os aromas da vida...toda a essência do amor.

Um beijinho com carinho
Sonhadora

Renata (impermeável a) disse...

muito sutil,

como o orgalho e a teia.

Cynthia Lopes disse...

Madrugadas
adentro Flor!
bjs

Cynthia Lopes disse...

Valeu Renata!
bjs

AC Rangel disse...

Todas as umidades da noite merecem ser retidas, Lindo poema.

Cynthia Lopes disse...

Que bom ter deixado comentário Alfredo! Volte sempre.
bjs

AC Rangel disse...

Continuo a achar que todas as umidades encantam... algumas em especial...
não precisa nem postar este comentário
só queria que vc soubesse sobre meu interesse por umidades

Cynthia Lopes disse...

Pois é... publicado está.
bjs