Parceiros

quinta-feira, 12 de dezembro de 2013

VIDA





coletando evidências,
percebo consequências
daquilo que vivi.


não só à minha vida,
mas à vida daqueles
que comigo prosseguem:


histórias paralelas
ou as que tangenciaram
meu longo mar, no tempo...


uns ficaram em versos,
outros foram no vento,
mas todos navegaram


na barca, por momentos:
uns assim, como náufragos,
outros, sobreviventes.



POÊMIA, poesia de pele e desejos - Cynthia Lopes

2 comentários:

BETONICOU disse...

maravilhoso ! Sem mais nem menos ...

Cynthia Lopes disse...

Obrigada poeta!

É tão complicado fazer uma síntese
do que vivemos!
Mas quando a gente olha para o lado, percebe logo, que somos como o mar, então fica fácil perceber a nós mesmos e aos outros.
bjssssssssss