Parceiros

sábado, 22 de agosto de 2009

Páramo



estúpido deserto de ideias,
sensações, emoções verdadeiras.

ah, Atacama, árida aldeia,
vidas que se cruzam sem sentido,

sem direção, no vazio da areia.
onde as gentes são mirações, sombras.

o que me angustia? lua cheia,
nas noites frias, evidencia

as cruzes anônimas, alheias
à identidade dos que morreram.

extorquidos até as artérias,
na esteira da sórdida miséria.

20 comentários:

Adolfo Payés disse...

WOW mi poeta. en este desierto de tiempo en versos navegamos.. mi bella y queridísima poeta del alma..
Besos con el cariño de siempre mi poeta.

Saludos fraternos
Un abrazo fuerte a la distancia

Que tengas un buen inicio de semana

Nei disse...

Grande poema, Cynthia. Abs.

neli araujo disse...

Olá, Cynthia!

Às vezes atravessamos cada deserto...

Muito linda tua forma de colocar o deserto num poema!

beijocas, amiga

neli

ADiniz disse...

Boa noite Cynthia!

Penso que as ventanias do deserto,
Sejam justamente para movimentar e retirar da areia, essa impressão gravada na superfície do grão.
Uma ótima semana pra vc, moça!!!!
Bjinhos e grata por suas palavras sempre queridas comigo.

Renata (impermeável a) disse...

é... engraçado ler este poema hoje.
A mais de um ano atrás, encarei o sofrimento do deserto de outra maneira. como purificação!
Glorificava o meu deserto como uma chance de renascimento.

é...

A.S. disse...

Cyntia...

Apenas as palavras
resistem
ao precário sabor das coisas!


Beijos...

Ricardo Kersting disse...

Oi Cynthia, é bom de vez em quando abrir as janelas e jogar fora as coisas inúteis . De repente podem servir para outras pessoas. Mas há limites para tudo, até para desilusões repetidas. Mesmo elas têm sentido, porém cansam.
As tuas palavras falam por mim, duras, mas verdadeiras...
Bjs.

Gaspar de Jesus disse...

Parabéns Cynthia pelas beleza das palavras e pela escolha da fabulosa fotografia.
Bjs
G.J.

Carolyne disse...

Belíssimo o seu blog!
Simplesmente belíssimo!!!!

Cynthia Lopes disse...

Gracias mi querido Adolfo,
estuve en Paraguay, pero ya estoy de vuelta.
Lindo su comentario, lo sinto cada día más cerca de mi.
Besos, Cynthia

Cynthia Lopes disse...

Querido Nei,
Como é bom saber que vc está sempre por perto. Bjs

Cynthia Lopes disse...

Neli,
grande companheira em meus voos poéticos, muito obrigada sempre pelos comentários e pelo carinho.
bjs

Cynthia Lopes disse...

Ana,

muito obrigada! bjs

Cynthia Lopes disse...

Renata, é... tudo tem muitos significados que não aparecem em um primeiro momento. Um grande beijo prá vc

Cynthia Lopes disse...

A.S.,

lindo comentário! poesia se responde com poesia e assim seguimos, respirando novos versos.
bjs

Cynthia Lopes disse...

Te amo sempre Ricardo, obrigada.
bjs

Cynthia Lopes disse...

Que bom Gaspar que vc tenha gostado tanto! Prometo caprichar mais nas fotos. bjs

Cynthia Lopes disse...

Caroline, muito obrigada por seu comentário. bjs

Aroeira disse...

muy fuerte, mujer. é belo.

Cynthia Lopes disse...

Mi capitán, sabia que tu iba a gustar de eso poema!
besos