Parceiros

quinta-feira, 17 de abril de 2008

Coração de Pedra





Inspirado na obra de Almódovar




sozinha eu choro e transbordo:
minhas veias sofridas e dramáticas
expostas pelo chão da casa...

- o que não vivo me exaspera!

quisera tivesse eu a trombeta
dos anjos: faria soar palavras doces
tocando com a ponta dos

meus dedos-sentimentos
este seu coração de pedra!

7 comentários:

Adolfo Payés disse...

siempre con belleza y ternura tus escritos, así se navega por tu sitio, como el barco en alta mar, navegando por el infinito espacio de la poesía.. precioso como de costumbre tus poemas.. abrazo fuerte y solidario

Cynthia Lopes disse...

Precisos são, sempre, seus comentários. Obrigada meu amigo e poeta pela ternura e carinho. Gracias

putas resolutas disse...

oi, cynthia - agradeço a tua visita ao putas resolutas! e para retribuir, um poema em homenagem ao cineasta que também aprecias:

almodóvar
líria porto

outubro outubra-a
e sempre de assalto
vestido encarnado
sapatos vermelhos

a rosa que dança
aberta no asfalto
tem cheiro de carne
tem jeito de chaga
o tango penetra-a
sangra-a por dentro

*
besos
líria porto

Cynthia Lopes disse...

Líria, qual a mulher que não ama Almodóvar? Adorei sua visão em tons vermelhos, bjs

putas resolutas disse...

e quando puderes, cynthia, estou também noutros endereços, estes são alguns deles:

http://www.escritorassuicidas.com.br/liria_porto.htm

http://www.interpoetica.com/liria_porto.htm

http://www.germinaliteratura.com.br/lporto.htm

besos
líria

*

Cynthia Lopes disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Cynthia Lopes disse...

Oi, Líria, tbém estou nestes dois blogs:
*http://opiniaoeatitude.blogspot.com
*http://www.canticopalabras.blogspot.com/

Bjs