Parceiros

sábado, 25 de outubro de 2008

Des+construção


Eu, mulher, vivo
entre dois pólos
buscando sempre
a humanidade.

Vivo o incerto,
o risco certo,
amor derradeiro

- sempre reconquistado.

8 comentários:

Adolfo Payés disse...

Bellos como es tu firma de ternura. amiga poeta camarada de siempre...
y así me acerco para bañarme de ellos pos siempre..

saludos un abrazo

Cynthia Lopes disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Cynthia Lopes disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Cynthia Lopes disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Cynthia Lopes disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Cynthia Lopes disse...

Obrigada meu querido amigo e poeta por seus comentàrios sempre tâo ternos!

Fada disse...

Ès a força da verdadeira mulher!!!!!!

Minha linda amiga, niver chegando e como vc está?!!! Recebi seu e-mail mas confesso que fiquei sem idéia nenhuma...Já sabe onde será a boca livre?!!..rsrs

Tô brincando!!!

Rica fiquei um pouquinho dodoi, estou com faringite viral..uma droga!!! mas já estou bem melhor.

Desculpe-me por não responder antes, mas minha vida está uma loucura. Tenho que marcar casamento, estou fazendo reforma na casa, mudei de emprego e agora fiquei dodoi.

Mas é assim que vivemos...seguindo em frente...rs

Mil beijos com mt saudade e carinho

Cynthia Lopes disse...

Oi, lindinha! Bom saber que você já está melhor, tomara que possa lhe ver na comemoração do meu niver, bjsss...