Parceiros

domingo, 3 de janeiro de 2010

(*) Ao poeta - Gentileza


Amo palavras gentis:
- Gentileza, Gentileza,
poeta da rua, andarilho,
vadio, de palavras soltas...

Essa poética urbana:
necessidade do amor,
total urgência da paz,
sem sutilezas, pretextos.

Merece aquela homenagem
quem, por tal delicadeza,
coloriu esta cidade.

Numa via cinza e feia,
com uma real gentileza.
Ao poeta, reverências!




(*) Reedição de poema publicado em 2007.

Para conhecer melhor o poeta/profeta Gentileza, acesse: http://www.gentileza.net/

6 comentários:

Ricardo Kersting disse...

Oi Cynthia

Às vezes é bom remexer as gavetas...nem sempre.
É uma viagem enriquecedora acompanhar um andarilho, ou ser um, pelo menos uma vez na vida..
Beijos e um grande 2010

Sonhadora disse...

Minha querida Cynthia.
Lindo o teu poema, palavras gentís todos amamos.
Tudo de bom , neste ano que está a começar.

beijinhos

Sonhadora

Cynthia Lopes disse...

E não somos todos Ricardo? Não somos como os rios, abrindo caminho por este mundo afora, a procura de nós mesmos? Do melhor que há em nós e nos outros e por aí vai? Andarilhos, que carregam alto suas lamparinas e pedem a Deus que os guarde e que possam abençoar outros... bjs

Cynthia Lopes disse...

Minha Rosa-Flor esta é a idéia, tomara que consigamos! bjs

Renato Motta-PE disse...

Lembro deste Cy! Acho que foi um dos primeiros poemas que você me mostrou e a sua revisão ficou show. Parabens. Acho que tenho uma unhazinha nesta reedição.
Beijos

Cynthia Lopes disse...

Aí Renato, lembrou, que bom!
melhor ainda que vc tenha gostado, aproveita e entra na campanha: GENTILEZA GERA GENTILEZA. Bjs prá vc e More