Parceiros

quarta-feira, 17 de fevereiro de 2010

Para fechar o Carnaval carioca...

Uma homenagem aos poetas, escritores e amantes desta nossa língua, a Flor do Lácio.

A letra do samba 'Minha pátria é minha língua, Mangueira meu grande amor. Meu samba vai ao Lácio e colhe a última flor', encontra-se abaixo do vídeo.






Quem sou eu
Tenho a mais bela maneira de expressar
Sou Mangueira...uma poesia singular
Fui ao Lácio e nos meus versos canto a última flor
Que espalhou por vários continentes
Um manancial de amor
Caravelas ao mar partiram
Por destino encontraram o Brasil...
Nos trazendo a maior riqueza
A nossa língua portuguesa
Se misturou com o tupi, tupinambrasileirou
Mais tarde, o canto do negro ecoou
Assim a língua se modificou
Eu vou dos versos de Camões
Às folhas secas caídas de Mangueira
É chama eterna, dom da criação
Que fala ao pulsar do coração
Cantando eu vou
Do Oiapoque ao Chuí ouvir
A minha pátria é minha língua
Idolatrada obra-prima te faço imortal
Salve... Poetas e compositores
Salve também os escritores
Que enriqueceram a tua história
Ó meu Brasil
Dos filhos deste solo és mãe gentil
Hoje a herança portuguesa nos conduz
Na Estação da Luz
Vem no vira da Mangueira vem sambar
Meu idioma tem o dom de transformar
Faz do Palácio do Samba uma casa portuguesa
É uma casa portuguesa com certeza

Compositores: Lequinho, Junior Fionda, Aníbal e Amendoím (fonte Jornal do Brasil, 11/2)

16 comentários:

Adolfo Payés disse...

Que lindos tus poemas.. siempre me quedo lleno de amor y ternura..

Un beso mi querida amiga.

Un abrazo
Saludos fraternos..

Sonhadora disse...

Minha querida Cynthia
Muito bonito esse poema e a musica também.
Lindo samba.

Beijinhos com carinho
rosa

El Drac disse...

Que belo poema pensando na família, na terra bonita e que está gostando de carnaval, música brasileira é uma das mais alegres e suaves do mundo. Um abraço.

Cynthia Lopes disse...

Gracias por tu amor y ternura, Adolfo.
Abrazos

Cynthia Lopes disse...

Minha amiga Rosa-Flor,
aqui no Rio dizemos que este é um "samba enredo". Neste a tradicional Escola de Samba - Mangueira, homenageia a nossa língua portuguesa.
Nada melhor do que fechar o carnaval com uma homenagem aos poetas e escritores daqui e dalém mar. bjinhos

Cynthia Lopes disse...

Gracias Drac,
un grand abrazo.

Nydia Bonetti disse...

Cynthia

Confesso que não gosto muito de carnaval, mas alguns sambas-enredo são geniais. Este é um deles.

Beijoos

Gaspar de Jesus disse...

Olá CYNTHIA
Obrigado por esta amostra do emocionante Carnaval brasileiro.
Bjs
G.J.

Concha Rousia disse...

Teu espaço está lindo, teus versos e escolhas musicais sao maravilhosas, vou tratar de te seguir de perto amiga querida. Um beijo, Concha

Concha Rousia disse...

Que bela essa homenagem à nossa língua, amei...

Anônimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
A.S. disse...

Cyntia...

Uma bela música para um lindo poema!!!
Gostei...


Beijos
AL

Cynthia Lopes disse...

Sabe Nydia, também não curto muito esta coisa de Carnaval, mas alguns sambas-enredos são brilhantes e vivem na memória dos cariocas por décadas.
Eu sou fã, bjs

Cynthia Lopes disse...

Que bom que vc gostou Gaspar! Aliás suas fotos estão cada vez melhores. Parabéns pelo seu blog.
bjs

Cynthia Lopes disse...

Concha, que maravilha te rever minha querida, para mim sua presença é um presente. Obrigada
bjs

Cynthia Lopes disse...

Albino, este é o autêntico samba brasileiro. bjs