Parceiros

sábado, 27 de fevereiro de 2010

Poemeto


ai, meu amor de muitos ais,
tão longe o cais.
novos ares pelo mundo
e vais. só a saudade
fica, e não sai.

8 comentários:

Nydia Bonetti disse...

ai, ai, ai... que lindo. teus poemas curtos são divinos. beijos!

A.S. disse...

Querida Cyntia...
e como dói a saudade!!!


Beijos...
AL

Cynthia Lopes disse...

UAU, Nydia, divinos são demais!!!
Obrigada e bjs, querida.
Cynthia

Cynthia Lopes disse...

Ah, Albino,
a saudade dói.
bjs

Sonhadora disse...

Minha querida Cynthia
Lindo poema...vai, fica e leva a saudade, ou deixa...

Beijinhos
Rosa

Cynthia Lopes disse...

Ai minha querida Flor, eu levo.
Afinal a saudade é sinal de que eu vivi este amor.
bjs

neli araujo disse...

Lindo, lindo, lindo, Cy!

Muito bom ter saudades de um amor que se viveu. Significa que foi muito bom!!!!!!!!!!

beijos,

neli

Cynthia Lopes disse...

Oh, Neli, obrigada...
um grande bj
:)