Parceiros

sábado, 24 de janeiro de 2009

Amanhã



No quarto uma luz frágil
- são seus olhos pálidos
de rancor. Tristeza
que escapa por entre
meus dedos, escravos
destes seus cabelos.
Tudo tão confuso...
preciso descansar.

Longa noite vazia.
A manhã trará
corações partidos.

15 comentários:

neli araujo disse...

Cynthia,

Estou ficando fã da tua poesia...tão simples, tão triste e tão completa!

Parabéns, você escreve muito bem, linda!

beijinhos,

Neli

Cynthia Lopes disse...

Oi Neli, que bom! Também sou sua fã... bjs

adolfo payés disse...

Siempre es divino leerte poeta de la ternura de la vida, me quedo siempre un rato leyendo y encontrándome ne tu blog, esperanza vida amor...

todo

un abrazo inmenso con el cariño de siempre

Renata (impermeável a) disse...

triste....

me lembrou de partidas......

da vontade que as vezes tenho de congelar momentos... ou guarda-los dentro de caixinhas ( brancas de bolinhas vermelhas)

Anônimo disse...

É? ...

Bj fk c Deus!!

Murillo Jr.

Cynthia Lopes disse...

Grata Adolfo, pela sua sempre certa companhia, por sua ternura e amizade, pelo calor que você transmite em suas palavras...
Um imenso abraço e todo meu carinho...

Cynthia Lopes disse...

Renata, há sempre uma partida, a gente sempre tem que escolher. Perder e ganhar andam sempre juntos. bjs

Cynthia Lopes disse...

É Murillo, é...

Maria Muadiê disse...

Cynthia,
gostei da poesia, a beleza triste dessas noites que partem corações.

Ricardo Kersting disse...

Ou não! Como fala Caetano.
Beijos

carmen disse...

Linda e triste poesia...
Tem sabor de desalento...

Cynthia Lopes disse...

Martha, é exatamente isto...
bjs

Cynthia Lopes disse...

Oi, Ricardo, no caso foi isto mesmo. bj

Cynthia Lopes disse...

Obrigada Carmen por seu comentário.
bjs

googler disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.