Parceiros

sábado, 10 de janeiro de 2009

Poesia...







mostra meus abismos:
sem pensar, num repente
à beleza dos versos.

3 comentários:

Adolfo Payés disse...

Lindo poema, la vida todo esta en estos versos...


siempre tierna poeta..

un abrazo fraterno

Cynthia Lopes disse...

Meu querido Adolfo, só você mesmo para entender, compreender, ler meu coração. Sinto-me aliviada por saber que você teve esta leitura tão profunda deste meu poema, é bom saber que estamos sempre nesta sintonia de almas... apesar da distância física que nos separa. Un fuerte abrazo mi amigo!

jacker disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.