Parceiros

sábado, 17 de outubro de 2009

Nítidos sinais


















faróis, estes teus olhos
me conduzem, intensos,
na noite escura e fria.

chuva de estrelas
iluminando o céu
do meu caminho.

diamantes espessos
que refratam a luz
em cores, arco-íris,

nuances que me curam
das fraturas e feridas
de um coração vazio.

9 comentários:

Sonhadora disse...

Cynthia.
Olá, tinha saudades tuas.
Belo o teu poema,(diz o roto ao nu),
enche o teu coração, pois é grande, mereces.
Beijos

Cynthia Lopes disse...

Rosa-Flor, meu coração
respira amor! é bom, e possível.
bjs

Adolfo Payés disse...

Un gusto siempre pasar a leerte poeta..

Un beso

Un abrazo
Con mis saludos fraternos


Que pases un buen fin de semana...

Ricardo Kersting disse...

Hummm conheço esse farol??? Mas não sei se conheço a luz que dele emana..às vezes os sinais são tão claros que não podemos olhar de frente. Mesmo nítidos nem todos conseguem vê-los... Sê bem-vinda minha poeta..
Este coração vazio certamente não é o teu!!
Beijos.

neli araujo disse...

Cynthia querida!

Estava com saudades de ler-te.

E vi que tens muitos poemas novos e belos.

Parece que o coração quebrantado, jorra poesia!

Um coração que escreve assim, jamais pode estar vazio!

beijinhos,

neli

Cynthia Lopes disse...

Rosa-Flor, espero que o teu
coração TRANSBORDE!
bjs

Cynthia Lopes disse...

Adolfo, um grande beijo,
meu querido amigo e companheiro
de caminhada e versos.

besos y besos

Cynthia Lopes disse...

Oba Ricardo,
eu acredito que tu conheças bem
estes sinais, já que estão tão perto de ti. Ah, só para te lembrar: meu coração não está, mesmo, vazio - não mais.
bjs

Cynthia Lopes disse...

Neli,

eu que estou com saudades de ler-te.
Tive problemas operacionais, mas minha irmã (de coração), me deu de presente de aniversário um lap-top e agora já voltei a ativa.
bjs