Parceiros

quarta-feira, 25 de março de 2009

(*)Amanhã é 26...


E este não é um poema, apenas
um bilhete para um amigo querido
que eu adoro ouvir sorrindo!
Amanhã é 26, e você tem minha
recordação, meu carinho e o meu
acolhimento. Parabéns meu querido
pelo aniversário, pelo riso gostoso
que você ri quando está desprevinido.
Mil perdões pelas incompreensões e
pelo meu bom humor estranho. É sempre
um prazer ler o título "honorífico" de
sua cidade tão amada e ver suas mãos
fortes esculpirem tantas delicadezas.
Comemore e muito, com aqueles a quem
você ama e nos sinta bem próximos de
você num abraço bem apertado. T'Amamos,
Cynthia



(*)26/03 - Aniversário de Ricardo Kersting

6 comentários:

ADiniz disse...

Querida Cintia!
Peço-te licença para dizer ao Ricardo que apartir de 26/3 começa o Ano Novo dele. E como no Ano Novo vestimos branco, com desejo de Paz, tomamos champanhe que são as bolhas magicas, damos pulinhos nas ondas, fazemos a maior festa como se tivessemos nascendo outra vez,Faça mais uma vez, afinal é Ano Novo.
Eu não o conheço, mas precisaria para desejar a felicidade a ele seu amigo.

Bom era isso que eu gostaria de dizer a ele.Você me permitiria a faze-lo?
Ops!!
Agora já falei.
Felicidades a você !!!!

Adolfo Payés disse...

Muy sentidos versos nos entregas, me uno a ellos..

saludos fraternos con mucho cariño

besos siempre poeta de la ternura. alma viva de os versos

Ricardo Kersting disse...

Deixei para comentar meu presente hoje, que é o dia.. Não quero dizer que não dou importância para o passar do tempo, pois seria uma grande e deslavada mentira. Acho importante sim, o tempo mede a nossa caminhada no mundo, nos remete para um lugar que ninguém ousar dizer onde é e o que é. Mas a verdade é começamos a ir, no momento em que nascemos.. Como essa caminhada me parece contínua, acho que nascemos todos os dias..Todo o nascer de um novo dia, é também o nosso renascimento.. Muito obrigado, Cynthia, minha poeta querida e a todos que por ventura juntarem-se a ti nessa homenagem que muito me comove...

Cynthia Lopes disse...

Ana, é tão bom re-começar! bjs...

Cynthia Lopes disse...

Adolfo, estamos mesmo irremediavelmente unidos em versos!
besos llenos de ternura mi niño poeta...

Cynthia Lopes disse...

Oi, Ricardo, bom mesmo, é o passar do tempo... T'A