Parceiros

domingo, 15 de fevereiro de 2009

Revenant









o tempo... este circo,
círculo de vento.
aquilo que foi
começa em um outro
lugar. tudo passa.
passa este arremedo
do "eu" sozinha no
caminho, ri-se o
tempo: tão bobinha!
veio, voltou, é - agora
mesmo. cavou um túnel
na pedra, a água que
corre há muitos anos...
o momento fugiu
por entre meus dedos
conto os dias, as horas,

- será que são meus?

12 comentários:

Ricardo Kersting disse...

Há caminhos que parecem errados quando na verdade ainda não começamos a caminhá-los. Ainda não temos páginas viradas nem vasos quebrados...Tens tudo nas mãos e o tempo é um aliado..é sim.
Beijos

(l' excessive) disse...

"O tempo, este circo..."
Lindo isto, Cynthia!!
Bj e obrigada pelas visitas

Cynthia Lopes disse...

Obrigada Ricado, pelo tempo aliado. bjs

Cynthia Lopes disse...

Liz, obrigada a você. um beijão

Sysyphus disse...

Hello Cynthia...

Thanks for your comment on my blog. I'm a bit portuguese as well, so, muito obrigado :)...

Your blog is really good too, some amazing pieces of poetry here... :)

Adolfo Payés disse...

caminos con tus versos la lado es un lujo leerte y sentir siempre tu presencia..

un abrazo inmenso con mucho cariño te dejo poeta del alma y la ternura..

un beso

marcia cardeal disse...

Que bonito, que bonito!!! beijo

Cynthia Lopes disse...

Márcia, obrigada pelo entusiasmo! bjs

Cynthia Lopes disse...

Gracias Sysyphus!
Abrazos

Cynthia Lopes disse...

Meu querido Adolfo, é sempre o máximo sentir em seus comentários, todo este seu carinho e ternura por esta poeta que vos escreve.
Gracias, un grand abrazo!

Renata (impermeável a) disse...

tempo não...


momentos sim!


seus.... ninguém te rouba!

Cynthia Lopes disse...

Lindo Renata, obrigada. bjs